União Marxista-Leninista Portuguesa

Comunicados e Artigos Recentes

 

Em Portugal, devido ao desenvolvimento mundial dos governos para a direita, o anticomunismo é também aqui sistematicamente promovido. A linha geral do anticomunismo em Portugal é chamar "Marxismo" a tudo o que não seja directamente proto-fascista ou fascista. O uso do anticomunismo é uma reacção do capital monopolista ao crescente...

A retirada dos EUA e de outras tropas estrangeiras de Estados da NATO, bem como da Austrália e da Nova Zelândia, demonstram a desastrosa derrota da NATO. Para o imperialismo dos EUA, isto marca a maior derrota desde a Guerra do Vietname. Até hoje, o povo afegão recusou-se a aceitar a ocupação pelos imperialistas que durou por 20 anos!

A 4 de Abril, a UMLP recebeu o seguinte pedido de um estudante: "...A minha crítica, se é que se pode chamar de tal, é devido ao facto de não conseguir encontrar a posição ou material em relação à política do "frentismo" definida pelo terceiro congresso da terceira internacional, por parte da UMLP e da ICOR. Sendo que concordo com...

Resoluções da UMLP

Em Portugal, devido ao desenvolvimento mundial dos governos para a direita, o anticomunismo é também aqui sistematicamente promovido. A linha geral do anticomunismo em Portugal é chamar "Marxismo" a tudo o que não seja directamente proto-fascista ou fascista. O uso do anticomunismo é uma reacção do capital monopolista ao crescente...

Nós União Marxista-Leninista Portuguesa UMLP manifestamos todo o nosso apoio e solidariedade à luta dos trabalhadores dos sectores da TAP, GROUNDFORCE, GALP, ALTICE, BANCÁRIOS, vítimas da competição cada vez mais acentuada dos monopólios em todo o mundo, acelerada pela pandemia, através do aumento da exploração laboral. Empurram o fardo da...

Notícias e Artigos

A competição pela influência e supremacia no mundo entre as principais potências imperialistas EUA, China, Rússia e UE está a aumentar claramente. Guerras por procuração como na Síria, Líbia, Ucrânia ou na zona do Sahel podem tornar-se num confronto militar directo das grandes potências imperialistas. O perigo de uma terceira guerra mundial está a...

Resoluções da ICOR

A retirada dos EUA e de outras tropas estrangeiras de Estados da NATO, bem como da Austrália e da Nova Zelândia, demonstram a desastrosa derrota da NATO. Para o imperialismo dos EUA, isto marca a maior derrota desde a Guerra do Vietname. Até hoje, o povo afegão recusou-se a aceitar a ocupação pelos imperialistas que durou por 20 anos!

Já em Dezembro de 2020 a ICOR tinha exigido uma distribuição democrática e justa das vacinas. Actualmente, verificamos que em países como os EUA e o Reino Unido têm quase 90 doses por cada 100 habitantes, enquanto nos países mais pobres têm apenas cerca de 15 doses por cada 100. A pandemia ainda está a aumentar. Apenas 21% da população...

JUNTA-TE A NÓS

Recebe as nossas notícias e comunicados